top of page
CAPA da Revista Amplamente (1).png

A APRENDIZAGEM MUSICAL DE GUITARRA ELÉTRICA MEDIADA POR TECNOLOGIAS DIGITAIS: UMA REVISÃO INTEGRATIVA NA ÁREA DE EDUCAÇÃO MUSICAL

Luciano Luan Gomes Paiva
Universidade do Estado do Rio Grande do Norte
https://orcid.org/0000-0001-6192-6075
http://lattes.cnpq.br/0772088747598226
E-mail: luciano.90@hotmail.com


DOI-Geral: http://dx.doi.org/10.47538/RA-2022.V1N3
DOI-Individual:
http://dx.doi.org/10.47538/RA-2022.V1N3-03


RESUMO:

Este texto trata-se de uma revisão integrativa, que contemplou trabalhos com a temática da aprendizagem musical de guitarra elétrica mediada por tecnologias digitais da área de Educação Musical dos últimos dez anos. Desse modo, este trabalho tem como objetivo, especificamente, apresentar algumas das principais questões sobre as múltiplas possibilidades de aprendizagem musical na guitarra elétrica mediada por tecnologias digitais. Neste sentido, as múltiplas formas de aprender música atualmente, apontam para uma educação musical mais diversa e dinâmica, contemplando modos novos e antigos de aprender, instrumentalizando o professor e direcionando-o para uma postura de articulação, com um ensino mais descentralizado e com maior participação do alunado.


PALAVRAS-CHAVE:

Aprendizagem musical. Tecnologias digitais. Guitarra elétrica.

BIOGRAFIA DO AUTOR:

Mestre em Música (com ênfase em Educação Musical) pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Especialista em Tecnologias Educacionais e Educação a Distância pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFRN). Licenciado em Música pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

REFERÊNCIAS

BELTRAME, Juciane A. O home studio como espaço de criação e aprendizagem musical. DEBATES, Rio de Janeiro, n.18, 136-161, maio. 2017.


CASTRO, Lincoln F de O. Educação musical e ouvir crítico na internet. 2011. Dissertação (mestrado). Programa de pós-graduação em educação, Universidade Estácio de Sá. Rio de Janeiro, 2011.


FERREIRA, Saulo. Ensino coletivo de guitarra: reflexão e ação pedagógica para comunidade; uma proposta de método. Revista MUSIFAL, Maceió, Ano 2, n. 2, 6-16. 2010.


GARCIA, Marcos da R. Processos de autoaprendizagem em guitarra e as aulas particulares de ensino do instrumento. Revista da ABEM, Londrina, V. 19, n. 25, 53–62. Jan-jun 2011.


GOHN, Daniel M. Educação musical a distância: propostas para o ensino e aprendizagem de percussão. 2009. Tese (doutorado). Escola de Comunicações e Artes, Universidade de São Paulo. São Paulo, 2009.


MACHADO, Rômulo T. da S. Guitarra, Tecnologia e Educação Musical: a construção de uma audição crítica. 2009. Monografia (especialização). Pós-graduação Lato senso em educação musical, Faculdade de Música Carlos Gomes. São Paulo, 2009.


MOTA, Fernando de S. Rocksmith: desvelando relações de aprendizagem entre a guitarra elétrica e o jogo de videogame. 2016. Dissertação (mestrado). Instituto de Artes, Universidade Federal de Uberlândia. Uberlândia, 2016.

PAARMANN, Heraldo. Jovens guitarristas, aprendizagem autodirecionada e a busca pela orientação musical. 2016. Dissertação (mestrado). Instituto de Artes, Universidade Estadual Paulista. São Paulo, 2016.


PAIVA, Luciano. A aprendizagem da guitarra elétrica com auxílio de tecnologias digitais: o uso do programa Guitar Pro em aulas particulares de música. In: XIII ENCONTRO REGIONAL NORDESTE ABEM. 13., 2016, Teresina – PI. Anais... Teresina: UFPI, 2016.


PFÜTZENREUTER, Allan C. Tocar/jogar Rocksmith: as experiências de flow de jovens guitarristas que jogam games de música. 2013. Dissertação (mestrado). Instituto de Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 2013.


PINHEIRO, Cícero W. O. Ensino e aprendizagem de guitarra elétrica no Triângulo CRAJUBAR - CE. 2017. Dissertação (mestrado). Centro de humanidades, Faculdade de Educação, Universidade Federal do Ceará. Fortaleza, 2017.


RIBEIRO, Giann M.; SILVA, Gibson A. M. Motivação de jovens guitarristas para aprender a tocar jogando Rocksmith sob a perspectiva da teoria da autodeterminação. Música em contexto, Brasília, n.1, 159-174. 2016.


RUIZ, Alonso B. M. O estudo da complexidade em programas de pós-graduação no Brasil: uma análise a partir do pensamento complexo e sua relação com a educação. 2016. Dissertação (mestrado). Universidade Estadual de Ponta Grossa – UEPG. Ponta Grossa, 2015.


SOUZA, William G. A utilização do youtube como ferramenta para o ensino e aprendizagem de guitarra: concepções de um músico-professor de instrumento. 2014. Monografia de Licenciatura em Música. Departamento de Música, Instituto de Artes, Universidade Federal do Brasília. Brasília, 2014.

VANZELA, Alexsander; OLIVEIRA, Leida C.; CARVALHO, Marivaldo A. A notação musical: facilitadores no aprendizado de guitarra. Revista da Universidade Vale do Rio Verde, v. 16, n.1, p. 1-11, jan./jul. 2018.


VANZELA, Alexsander; VANZELA, Ana P. C.. A utilização da tablatura como forma de leitura musical. Revista da Universidade Vale do Rio Verde, Três Corações, v. 12, n. 1, p 130-135, jan./jul. 2014.


VIEIRA JUNIOR, Luis A. B.; MONTANDON, Maria I.; MARINS, Paulo R. A. Estratégias de autorregulação da aprendizagem musical: um estudo em uma banda de música escolar. Revista da ABEM, Londrina, v.25, n.38, 62-75, jan-jun. 2017.

CAPA Revista Amplamente 3.png

COMO CITAR:

PAIVA, L. L. G. A aprendizagem musical de guitarra elétrica mediada por tecnologias digitais: uma revisão integrativa na área de educação musical. Revista Eletrônica Amplamente, Natal/RN, v. 1, n. 3, p. 19-31, jul./set. 2022.

Publicado: 23/07/2022

LICENÇA:

 

Licença CC-BY-NC-ND

Todo o conteúdo desta Revista eletrônica está licenciado sob uma Licença de atribuição Creative Commons. Atribuição-NãoComercial-
SemDerivações 4.0 Internacional.

Atribuição — Você deve dar o crédito apropriado, prover um link para a licença e indicar se mudanças foram feitas. Você deve fazê-lo em qualquer circunstância razoável, mas de nenhuma maneira que sugira que o licenciante apoia você ou o seu uso.

NãoComercial — Você não pode usar o material para fins comerciais.

SemDerivações — Se você remixar, transformar ou criar a partir do material, você não pode distribuir o material modificado.

bottom of page